HARD POINT

IMG_9745.jpg

A banda carioca de stoner rock, Hard Point, lança seu novo single "God Talking" em todas as plataformas de streaming pelo selo latino americano Electric Funeral Records . A canção é o lançamento da nova formação da banda que conta com o novo vocalista Emanuel Morais e baixista Emerson Bastos, que dão uma nova sonoridade à banda. O destaque fica para o solo de gaita que dá um som mais de "faroeste" para a faixa. 

Confira "God Talking": https://ps.onerpm.com/7018774960

 

God Talking fala sobre mal-estar tecnológico em um verdadeiro atestado sobre como a modernidade líquida pode afetar nosso próprio dia a dia. Afinal, se tem alguém que nunca deixa de estar conosco o tempo inteiro é a tecnologia e a conectividade ininterrupta. Será "Deus" essa presença que nós mesmos nos submetemos através do online? A música lança questões justamente sobre essa problemática tão presente na pandemia refletindo ainda sobre quem somos nós quando estamos "no ar".

 

As composições da banda transitam por vários estilos, destacando-se a influência do stoner rock, do metal alternativo e do grunge. A mensagem que a Hard Point propaga se encontra dentro do “mal-estar” da modernidade que o próprio nome da banda já anuncia.

capa-god-talking-quadrado (1).jpg

A banda  de stoner rock, Hard Point, lança seu novo single "Inner Monsters" em todas as plataformas de streaming pelo selo latino americano Electric Funeral Records . A faixa que quase deu nome a banda, apresenta a simples premissa de que todos nós temos um monstro interior, não é mesmo? A composição mais antiga do grupo é uma representação fiel da proposta da mesma: um som pesado, stoner, com uma letra na mesma proporção.  

 

A letra, baseada em um poema de Diego de Souza, estabelece um personagem que não se reconhece mais na própria paranóia. O final da música, inclusive, encontra uma brincadeira onde as vozes respondem às preocupações do personagem da canção em forma de coro. A letra diz "Keep on calling me" (continua me chamando) e o backing responde, como se fosse o chamado: "Hey". Na mesma linha, o personagem fala que isso que ele está sentindo é como se fosse heroína. Há um sentimento de atordoamento. 

 

A mixagem e produção final da música foi feita por Celo Oliveira, músico das bandas Fleesh e Hydria, que tem trabalho de produção já consolidado no meio do rock e metal. Essa parceria foi o que proporcionou a sonoridade agressiva e em alguma medida angustiada da canção. A capa é mais um projeto do vocalista, Emanuel Morais, que brinca com os monstros favoritos de cada integrante da banda em uma verdadeira metamorfose. Você consegue identificar todos? E o mais importante: consegue se identificar?

capa-innermonsters-quadrado (1).png